Pedras de gelo

Por Carol Frederico

Não estou entendendo o que está acontecendo com as pessoas… Sinceramente. Demonstrou carinho, afeto, qualquer sentimento, tá fodido. Tem que ser frio e calculista. E filho da puta. Eu, que tomei no cu de novo por ser toda CaroLinda, tive que ouvir de um amigo: “Não pode se entregar toda…” Por que não?????? Não entendo o que há de mal nisso. Será que eu sou muito estúpida e imbecil que não entendo? Ou é essa porra de mundo machista em que eles têm que conquistar, e sentir, e dar valor… É porque eles são todos uns cornosssssssssssss!!!! E precisam ter certeza de que a gente não vai dar pra mais ninguém (como se isso fosse garantia de alguma coisa). Acham que estão controlando alguma coisa e não podem nunca, jamais, ser questionados em nada, ou colocados em xeque. Covardes! E a gente tem que abaixar a cabeça e fingir que não vê, se quiser manter uma merda de um “relacionamento”. É, tô puta, mesmo! E aí?

comments

Newest

  • Reply

    Felipe Lobo / 17 dez

    Eu concordo com vc: nada de ser pela metade. Tem que se entregar toda mesmo e ver o que dá. Ora, se o cara não souber valorizar, dane-se ele. Só mostra o quanto ele é pequeno, não você.
    Eu sou totalmente a favor dessa política. Tem que ser intenso mesmo, se entregar, fazer o que quer, e não fazer cena. Se a mulher com quem eu fizer isso achar que não é assim, azar o dela!

    Viva a intensidade das nossas atitudes!

  • Reply

    Anonymous / 03 abr

    “Igualdade” é assim mesmo, vc tem que conviver com o “não igual”, ou não… “enten deu”? Empatia, “enten deu”? Se põe no lugar do negão: uma fila pra transar com vc, o que faria? É tudo muito rápido, conheço mulheres assim, também: cheia de fãs… entra na fila e goza, ou vc quer casar c/ ele? Eu mesmo: branco, pinto normal (mas, c(o)umpridor do seu dever; tenho meu pequeno universo de fãs, não igual ao do negão, pois, eu não vivo só pra isso. O meu orgasmo é proporcional ao tesão que provoco em minha parceira. O segredo é saber administrar a sexualidade, sem ansiedade, com segurança, sem egoismo: Ou então crie um “chimpanZé”.

Leave a reply

Comments