5 coisinhas básicas que eles PRE-CI-SAM saber…

Por Carol Frederico

1. Três minutos de penetração não é considerado sexo! Dependendo da situação pode-se até chamar de rapidinha, mas na maioria das vezs é ejaculação precoce, mesmo…

2. Não é legal empurrar a cabeça da garota enquanto ela está te fazendo um boquete. A gente precisa respirar (às vezes) e sabemos muito bem o que estamos fazendo (bom, pelo menos EU sei… E como sei!)

3. Fio terra não é coisa de viado! Viadagem é preconceito durante o sexo. E ninguém pode falar que não gosta de jiló sem ter experimentado antes (tá bom, jiló é um exemplo phoda!)

4. Clitóris e pequenos lábios são coisas e lugares completamente diferentes no universo. Na dúvida, procurem um mapa! O estudo sobre o corpo humano foi na sétima serie, mais ou menos aos 13 anos de idade. Pensou que aquela aula não era importante, né…

5. Não é porque você tem pau grande que não precisa fazer mais nada, querido… É que nem achar que só beleza é tudo! Tem que saber usar! Já vi muita varinha pequena -mas com muita boa votade- fazer cada milagre!!! Então, deixa de ser preguiçoso, convencido e pedalaaaaaaaaaaa!!!!

comments

Newest

  • Reply

    Babete / 02 ago

    Eu adoro quando o cara empurra a minha cabeça, é tipo uma fantasia de ser controlada….

  • Reply

    Kino / 08 ago

    EM RESPEITO AO HOMEM COMO GÊNERO DOMINANTE DA NOSSA SOCIEDADE (WE RULE!), RESGUARDO NOSSO DIREITO DE RESPOSTA ÀS ASSIM DENOMINADAS ‘COISINHAS BÁSICAS’:

    1. Sim, às vezes gozamos em 3 minutos e não é nem um pouco melhor ou pior do que aquela transa de mais de 1 hora que encharca o lençol de suor e te deixa com câimbras nas pernas…. e nem sempre acontece isso só com os ejaculadores problemáticos. Às vezes a gente quer ‘resolver logo’ as coisas e assistir o jogo do São Paulo pô! Kkkkkk Alem do mais, rapidinha também é transa sim!

    2. Bom, eu adoraria ter uma mulher empurrando minha cara contra o seu clitóris afoitamente. E convenhamos, não há nada mais sexy do que mostrar pras mulheres quem é que realmente manda na parada… afinal de contas o ‘basquetinho’ se joga com as mãos! E outra – nem todas realmente sabem o que estão fazendo. Raspar o dente no ‘nosso amiguinho’ não é legal, não pega bem. Quando é assim, a mãozinha também serve de saída de emergência – “WOW WOW WOW, calma calma foguentinha! É bom mas não é de comer…”

    3. Olha, todo respeito com os viadinhos, boiolas, bundalelês e congêneres. Afinal de contas eles valorizam nosso passe! Mas o fio terra é uma coisa de pré-viado-que-ainda-não-se-deu-conta-disso.com.br. Com seus limites, claro. A área é realmente sensível, independente de ser ou não agradável. Só que no dia que vc virar de costas pruma mina e pedir o dedinho, meu amigo, tira sua roupa rosa do armário e vai à luta! UI PODEROOOOOOSA!

    4. Realmente quem não sabe que banana não é rabanada, pelo amor de Deus! Mas acontece, senão não teria a saudosa musiquinha “(Fulano) careca nunca viu uma perereca”! Mas como não é todo mundo que vai pra escola, e menos ainda que estuda, acaba acontecendo. Mas nada que um ‘trabalho de campo’ não resolva, não é? Um bom pretexto prum oral, pra bater um papo de perto com a nossa amiga Xena, a guerreira.

    5.
    a. Não, tamanho não é documento. Afinal de contas o ilegal é muito mais excitante do que o documentado, não é mesmo? Se o Guaraná Jesus fosse banido pelo Governo Federal, seu preço alcançaria níveis elitizados e seletos como os de uma Perrier, que é a mesma bosta que qualquer outra água mineral. Imagine o tamanho do pau como nosso pueril brinquedinho de encaixar peças de madeira coloridas nos buracos de um tabuleiro de madeira. Tem as redondas, as quadradas, pequenas e grandes, e por ai vai. Existem bucetas e bucetas, existem pirocas e pirocas. É tudo uma questão de encaixe. Mas que não existem bucetas rasas e milimétricas assim como, NORMALMENTE, as bucetas não comportam membros de cavalo ou rinoceronte (pelo menos as de mulheres que não têm isso como uma profissão). Ainda assim resguardo a todos do direito de se vislumbrar com coisas homéricas, masculinas ou femininas. Afinal de contas somos competidores por essência, e o maior é sempre o mais ovacionado, que o diga o Titanic, as Torres Gêmeas, a Ponte Rio-Niterói e a favela da Rocinha, todos eles grandes colossos de sua categoria em nossa tão evoluída sociedade mudjerrna.

    b. Já a questão cinética (dos movimentos seu shmok!) tem que ser na minha opinião, democrática. Eu particularmente adoro pular em cima de uma mina de costas pra mim e mandar um salame com maionese! Mas, afinal de contas nem todos temos as pernas do Roberto Carlos (o jogador de futebol, porra, não o cantor). Tem mina que pelamordedeus… Sobe na gente e parece os boneco de posto. Num sabe se vai pra esquerda, se vai pra direita…. Xiiii. Por isso, não basta também a mulherada ter a Super Xana, tem que saber rebolar e treinar os Kegel exercises! Vamo soltar esse períneo mulherada!

  • Reply

    bic azul / 06 set

    Vou imprimir esses preceitos e guardar dobrado na carteira, ao lado da camisinha.

    Só quanto ao 4º item eu faço um adendo: se o sujeito não sabe muito bem onde fica o clitóris – ou o lendário ponto g – o negócio não é gastar um bom tempo procurando?

    Adorei o blog. Voltarei mais vezes.

  • Reply

    Anonymous / 26 jul

    porraa..gnte para de graça…
    o importante eh dar..ii dar…
    abrii as pernas e dexar o pau entrar..tem coisa melhor?
    boqete?eh tdooo…
    amoo fazer coisas obcenas…

    olha q nem sou safadênhah!!
    haha…
    ty amuul!

  • Reply

    Rafael Gostoso e Nojento / 11 jan

    Acho legal que o Kino respeite os boiolas, viadinhos, bundaleles ( como ele chama). Enfim, cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é. Ele, por exemplo, tem que dar uma rapidinha para assistir o jogo do Sao Paulo, o que, convenhamos …bem, precoce dizer mas acho que o Kino ainda tem muita estrada para descobrir.
    Resolvi escrever no blog das safadinhas pq eu também acho dar ótimo. Muito bom. Nada melhor para acalmar a gente que uma boa piroca bem metida. Sou gay, as vezes gosto de comer, mas dar, hummm… putz. Fico maluco. E digo mais, adoro se for grande …muito bom. O foda é que já peguei muito marmanjo, metido a macho, pai de familia que na cama é uma bosta. AS vezes da vontade de tar umas porradas no cara quando eu penso… Meu, coitada da mulher desse cara. Ele é fraaaacoooo. Enfim, escreveu nao leu, pau comeu. Bjs ate

Leave a reply

Comments